ballet

Bailarina executando exercício para desenvolvimento e manutenção do en dehors

Muito se tem discutido sobre a postura correta da bailarina no que diz respeito aos ossos e musculatura do quadril. Eu, como todas da minha geração escutei (às vezes aos berros): encaixe o quadril! Simplesmente isso. Fiquei anos à fio contraindo o músculo do glúteo, imprimindo uma força desnecessária e sem nehuma explicação lógica, tensionando um músculo sem necessidade. Os glúteos são músculos estabilizadores da bacia, se ficarem contraídos para manter o encaixe, vão prender as pernas. Porém de acordo com os professoras “old generation” com que estudei ainda na infância, essa contração ajudaria a obter o imprescindível en dehors.

Ok! vamos por partes: primeiro o que quer dizer encaixar o quadril? Para estes professores era fazer uma “rotação” dos ossos do quadril  empurrando o sacro para baixo e puxando o ilíaco pra cima, contraindo o músculo glúteo, os músculos abdominais, abrindo as costelas e projetando o tronco e o osso esterno para frente. Esta postura levou muitas bailarinas a desenvolver lordose, por conta da projeção exessiva do tronco. A coluna sempre busca uma compensação de peso para gerar equilíbrio ao nosso corpo, ou seja se expande demais para um lado pode saber que vai estar encurtando o outro.

Na minha opnião empurrar sacro e cócix para baixo ajuda a alongar as costas, o que proporciona mais equilíbrio, também é importante promover uma aproximação dos ísquíos, o que aciona a musculatura do assoalho pélvico e libera os músculos rotadores do fêmur. Costumo recomendar ainda o acionamento dos músculos piramidais (região do baixo ventre), sem projetar o tronco para frente.

Quadril

Quadril

De acordo com o fisioterapeuta José Luiz Melo, em entrevista à Kerch&Kerch News: A principal musculatura responsável pelo en dehors, esta localizada profundamente nos quadris, abaixo dos glúteos, ligando a cabeça do fêmur às bordas do sacro e parte interna da bacia, mantendo intima ligação com o conjunto de músculos do assoalho pélvico (musculatura que forra o fundo da bacia), esta musculatura do assoalho pélvico, ou perínio, por sua vez, tem como uma ação secundária, a verticalização do Sacro. Portanto, para a musculatura do en dehors exercer sua função com eficiência, precisa que o  sacro esteja estabilizado e ligeiramente verticalizado pela musculatura do assoalho pélvico e de uma bacia e coluna lombar estabilizados pelos  abdominais, podemos concluir então, que para um trabalho eficiente do en dehors, deverá haver uma sincronia entre estes grupos musculares”.

No entanto deixar o fortalecimento da musculatura abdominal ficar ao encargo do encaixe do quadril (retroversão pélvica), contração isométrica dessa musculatura, é insuficiente para a manutenção do equilíbrio entre esses dois importantes grupos musculares, mantenedores da coluna lombar.

Ainda de acordo com Melo, é através do treino de ativação dos abdominais, em especial o músculo transverso,  em conjunto com o acionamento  do assoalho pélvico, é que o bailarino obtém uma estabilização da bacia, e isto vai permitir que as pernas rodem em en dehors, de modo mais eficaz, e esta mesma estabilização da bacia pelos abdominais dará a sensação de maior leveza nas pernas nos développés.

abdominal

Músculos do abdome

Ou seja este trabalho dos abdominais, deve ser complementar nas aulas de ballet e existem diversas séries de exercícios desenvolvidas especialmente para quem faz ballet, menos repetitivas e mais fluídas, trabalhando com isometria, mas também com seqüências. Uma dica é dar uma olhada no Youtube nas séries de workout do New York Ballet. As músicas são lindas, as seqüências são apresentadas bem lentamente, e os corpos dos bailarinos e bailarinas (totalmente definidos) possibilita uma boa observação de que grupo muscular está sendo trabalhado. Recomendo.

Não se esqueçam ainda de trabalhar os dorsais, pois como já disse anteriormente o corpo está sempre buscando compensação para estabelecer equilíbrio, ou seja abdome forte pede costas igualmente fortalecidas.

Referências:

http://kercheekerchenews.wordpress.com/

Anúncios